segunda, 13 de maio de 2019 - 16:27h
Amapá se qualifica para entrar na rota da exportação
Programa de Qualificação para Exportação começou a capacitar colaboradores; meta é qualificar 50 empresas no prazo de 24 meses.
Por: Gabriel Dias
Foto: Marcelo Loureiro / Secom
Secretário de Ciência e Tecnologia, Rafael, Pontes, disse que o governo está disposto a incentivar as empresas amapaenses a exportarem seus produtos

O Governo do Estado do Amapá (GEA) iniciou nesta segunda-feira, 13, o treinamento da equipe técnica selecionada para compor o Núcleo Operacional que irá implementar o Programa de Qualificação para Exportação (Peiex) no Estado. A meta do programa é qualificar 50 empresas no prazo de 24 meses no Amapá.

Para isso, foram selecionados, através de chamada pública, cinco colaboradores que assinaram o Termo de Outorga durante cerimônia realizada no Palácio do Setentrião. O programa é coordenada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Amapá (Fapeap), vinculada à Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (Setec), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos (Apex-Brasil).

De acordo com o secretário de Estado da Ciência e Tecnologia, Rafael Pontes, o objetivo é incentivar as empresas amapaenses a exportarem seus produtos. E fazer com que as empresas que estão começando a exportar, possam diversificar seus mercados e aumentar o percentual de seu faturamento com a exportação. “O programa passa a ser implantado no Amapá com o objetivo de qualificar as empresas para atuar no comércio exterior, tendo em vista toda nossa potencialidade de mercado”, afirmou.

A diretora-presidente da Fapeap, Mary Guedes, explicou que para execução dos trabalhos será implantado um Núcleo Operacional no município de Macapá, para atender 50 empresas em todas as etapas do projeto, conforme metodologia Peiex. “Serão 24 meses de trabalhos com a equipe técnica realizando diagnóstico nas empresas, elaboração de um plano de trabalho, capacitações dos empresários e ao final a empresa receberá um plano de exportação para orientar sua inserção internacional”, frisou.

O analista da Apex-Brasil, Laudemir Müller, lembrou que com a implantação do projeto, o Estado do Amapá vai entrar de vez na rota da exportação. “As empresas daqui passarão a ter a competência necessária para colocar seus produtos no mercado internacional, através de ações de promoção comercial para que elas possam participar de rodadas de negócio e feiras internacionais aumentando a cultura exportadora no Amapá”, afirmou.

O treinamento da nova equipe segue até sexta-feira, 17. A monitora é a extensionista, Ruthele de Sena Pereira. Ela espera que o trabalho que será executado possa contribuir com o desenvolvimento econômico e fomento ao empreendedorismo no Estado. “Tenho certeza que teremos uma equipe muito qualificada, que vai se empenhar em construir a história do programa no Amapá”, ressaltou.

Peiex

O programa é executado em municípios/regiões do Brasil onde existe adensamento de empresas com potencial exportador. Neles, são instalados Núcleos Operacionais do Peiex para qualificação das empresas que desejam exportar. Assim será feito no Estado do Amapá com a instalação do Núcleo Operacional da Região Metropolitana de Macapá.

Apex-Brasil

Apex-Brasil é a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, um serviço social autônomo como o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Servço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Social do Comércio (Sesc) e outros. A Apex-Brasil atua para promover a exportação de produtos e serviços brasileiros e atrair investimentos externos para o Brasil.

SETEC - Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia
Rodovia Juscelino Kubitschek - Km 02, Ramal da UNIFAP S/N - (96) 3216-8600 - setec@ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá